Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Calendário Escolar 2023 começa oficialmente dia 23 de fevereiro

“Estudos de Recuperação” serão realizados antes do início do ano letivo, de 8 a 17 de fevereiro

Publicação:

Estudantes da Escola Matias de Albuquerque plantando folhas de alface na horta escolar
Estudantes da Escola Matias de Albuquerque plantando folhas de alface na horta escolar - Foto: Ascom Seduc
Por Diego da Costa

Conforme a portaria nº 281/2022, publicada em Diário Oficial, as aulas da rede estadual de ensino no ano letivo de 2023 começam no dia 23 de fevereiro. Ainda, o recesso escolar ocorre entre os dias 19 e 30 de julho e o segundo semestre do ano letivo acontece de 31 de julho a 22 de dezembro. No decorrer do ano, serão realizadas avaliações diagnósticas e formativas, bem como ocorrerá mais uma edição das provas do Sistema de Avaliação Escolar do Rio Grande do Sul (Saers).

Estudos de Recuperação

Antes do início do ano letivo de 2023, a Seduc realiza uma importante ação com foco na recuperação das aprendizagens, no combate à evasão escolar e fortalecimento da permanência do aluno em sala de aula, chamada “Estudos de Recuperação”.

A iniciativa, que inicialmente ocorreria entre os dias 6 e 10 de fevereiro, será realizada entre os dias 8 e 17 do mesmo mês. Neste caso, nos dias 6 e 7 as escolas se prepararão para receber estudantes. A ação será realizada com os alunos que apresentaram resultado inferior à média anual e/ou com frequência menor que 75% em 2022. Será uma oportunidade adicional para que o estudante recupere as aprendizagens que necessita para o próximo ano letivo, possibilitando a sua aprovação, caso atinja os índices exigidos.

Ensino Médio Gaúcho

O ano letivo de 2023 marca uma importante etapa na implementação do Ensino Médio Gaúcho na rede estadual. Pela primeira vez, os estudantes do 2º ano do Ensino Médio passarão a ter aulas dos componentes das Trilhas de Aprofundamento Curricular dos Itinerários Formativos parte flexível do currículo. A política que prevê a atualização do currículo começou a ser implantada no ano de 2022 com os estudantes do 1º ano, alcançando as 1.100 escolas que ofertam a etapa e mais de 100 mil alunos.

O novo Ensino Médio, chamado no RS de Ensino Médio Gaúcho, surgiu como uma proposta para a renovação de oferta de educação aos jovens brasileiros e visa aproximar as escolas da realidade dos estudantes, com a atualização da etapa por conta das novas e complexas demandas dos dias atuais. Entre seus objetivos, estão o protagonismo do estudante e a sua permanência na escola por meio de aprendizagens significativas.

Secretaria da Educação