Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Fundação Escola Técnica Liberato Salzano é um dos 10 projetos finalistas do Prêmio Respostas para o Amanhã

Publicação:

Clara, Maria Eduarda e Thielly
Clara, Maria Eduarda e Thielly - Foto: Luís Eduardo Selbach
Por Luís Eduardo Selbach

Os 10 projetos finalistas da 8ª edição do Prêmio Respostas para o Amanhã foram divulgados. Entre eles, está o único projeto do Rio Grande do Sul, que é desenvolvido por alunas da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha (Novo Hamburgo/RS): “Desenvolvimento de um bioplástico a partir da fibra do caroço da manga”, das estudantes do Curso Técnico em Química, Clara da Silva Brum, Maria Eduarda Prado Viegas e Thielly Kailany de Freitas dos Santos, todas com 18 anos de idade.

O Prêmio Respostas para o Amanhã é uma iniciativa da Samsung que desafia estudantes e professores da rede pública a desenvolverem soluções para problemas locais através de experimentações científicas e tecnológicas.

O projeto das estudantes tem como objetivo utilizar a fibra do caroço da manga para produzir um bioplástico como alternativa de substituição dos plásticos convencionais utilizados, principalmente, pela indústria de descartáveis, pois, além da fibra ser uma ótima fonte de biopolímero, essa matéria orgânica não é aproveitada pela indústria, conseguindo promover, então, a extensão do tempo de vida deste resíduo, como também, a diminuição dos impactos ambientais causados pelos polímeros artificiais. O projeto é orientado pela professora Schana Andréia da Silva e coorientado pela professora Schirlei Viviane Rossa.

Para saber mais sobre o projeto, acompanhe o perfil no Instagram @projetobioplastico.

Saiba mais sobre o prêmio em https://respostasparaoamanha.com.br/

 

Secretaria da Educação