Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Secretária da Educação visita escolas da Capital no retorno das aulas presenciais da Rede Estadual

Raquel Teixeira acompanhou a organização das escolas Duque de Caxias e Gomes Carneiro

Publicação:

Secretária Raquel Teixeira com a diretora da Escola Duque de Caxias, Cláudia de Moraes
Secretária Raquel Teixeira com a diretora da Escola Duque de Caxias, Cláudia de Moraes - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini
Por Diego da Costa

A secretária da Educação, Raquel Teixeira, acompanhou, na tarde desta segunda-feira (3/5), o retorno das aulas presenciais na Rede Estadual. Neste primeiro momento, retomaram as atividades os estudantes da Educação Infantil e do 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

Raquel acompanhou a organização da Escola Duque de Caxias, localizada no bairro Azenha, e da Escola Gomes Carneiro, na Zona Norte. Ela conversou com alunos, professores e responsáveis, conheceu a estrutura das escolas e recebeu demandas por parte das equipes diretivas.

“Nós queremos mostrar para a sociedade que a escola pode ser um ambiente controlado”, afirma a secretária. Ela destaca que há protocolos de saúde, máscaras e distanciamento, mas, acima de tudo, professores e profissionais da área da educação dedicados, organizados e com o espaço preparado para receber os alunos com segurança.

O impacto das escolas fechadas foi muito grande para os alunos, pondera Raquel. “Temos, sim, que garantir o direito à vida, mas também temos que garantir o direito à aprendizagem. O estudante de 15 anos que larga a escola e vai para o mercado informal se acostuma com o subemprego e deixa de aproveitar seu potencial. A tônica do século 21 é o conhecimento e as crianças e jovens deste Estado merecem esta oportunidade”, reitera.

 Escola Duque de Caxias

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Duque de Caxias conta com 375 alunos. Desses, cerca de cem estão matriculados no 1º e no 2º anos do Ensino Fundamental. A adesão ao retorno presencial nesta segunda (3) foi de 50% dos estudantes.

A diretora Cláudia de Moraes explica que estão ocorrendo reuniões escalonadas com os pais até a segunda semana do mês de maio. A ideia é avaliar a opinião de cada família na organização do retorno.

“O revezamento será feito por semana. Metade dos estudantes fica no presencial e a outra metade somente no remoto. Além disso, temos máscaras, álcool em gel, aferição de temperatura na porta da escola e uma área de isolamento caso alguma pessoa apresente sintomas virais”, afirma.

 Escola Gomes Carneiro

A Escola Gomes Carneiro, localizada na Vila Ipiranga, tem 1,2 mil estudantes e é uma das instituições de ensino de referência de Porto Alegre. Com diversas ações positivas durante a pandemia, foi uma das primeiras a ter 100% de adesão na plataforma Google Sala de Aula e manteve-se aberta à comunidade escolar durante todo o ano de 2020.

Equipe diretiva da Escola Gomes Carneiro recebeu a secretária Raquel Teixeira na tarde desta segunda-feira (3)
Equipe diretiva da Escola Gomes Carneiro recebeu a secretária Raquel Teixeira na tarde desta segunda-feira (3) - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Agora, no retorno presencial de 2021, o estabelecimento de ensino conta com 95% de adesão dos alunos do 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

A diretora Susana Silva de Souza afirma que a equipe diretiva e os professores realizam um trabalho social responsável, de acolhimento às famílias, atenção e cuidado com os alunos.

“Esta construção se deu com a proximidade muito forte com os pais. Com encontros virtuais semanais pelo Google Meet, conversas pelo Whatsapp, inserção na plataforma Google Sala de Aula, distribuição de kits de alimentação para quem necessitava e parceria com entidades próximas da região. Somos uma escola que trabalha há 63 anos com muito amor e dedicação às nossas crianças e jovens nos três turnos do dia”, ressalta.

Aprovação dos pais

Márcio dos Santos é pai de Eduardo, seis anos, que cursa o 1º ano do Ensino Fundamental da Duque de Caxias. De acordo com ele, o retorno das aulas presenciais colabora no aspecto psicológico das crianças. “As aulas com os professores ajudam na concentração e na aprendizagem. Estimula o convívio com os colegas e melhora os estudos. Em casa, há muitas distrações, e os horários ficam todos alterados”, afirma.

Alunos da Rede Estadual de Ensino retornaram às aulas presenciais nesta segunda-feira (3)
Alunos da Rede Estadual de Ensino retornaram às aulas presenciais nesta segunda-feira (3) - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Para Camila Urruth, mãe de Maria Eduarda, que cursa o 2º ano do Ensino Fundamental na mesma escola, já estava mais do que na hora de as crianças retornarem à escola. “Só na internet a criança não consegue aprender 100%. Tu até forneces um auxílio, mas não é mesma coisa que é com o professor. Nós, pais, não temos a mesma técnica, e os nossos filhos não têm o mesmo rendimento. A minha filha estava louca para ver os coleguinhas”, destaca.

Confira mais fotos

Secretaria da Educação