Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

RS lança plataforma inédita para ajudar alunos a se prepararem para o Enem

Com parceria da iniciativa privada, 66 mil estudantes do terceiro ano terão conteúdos interativos de forma totalmente gratuita

Publicação:

"É uma ferramenta generosa que vai oferecer conteúdos e exercícios de alta qualidade", disse Leite durante transmissão ao vivo
"É uma ferramenta generosa que vai oferecer conteúdos e exercícios de alta qualidade", disse Leite durante transmissão ao vivo - Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini
Por Suzy Scarton e Vanessa Kannenberg

Depois do projeto de teleaula Pré-Enem Seduc RS, os alunos gaúchos poderão contar com mais uma iniciativa totalmente digital, interativa e gratuita para se prepararem para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, além de vestibulares, durante o delicado cenário provocado pela pandemia. 

De forma inédita no país, a plataforma Resolve Sim foi anunciada nesta quinta-feira (9/7) pelo governador Eduardo Leite, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, e oferecerá conteúdos para os 66 mil estudantes do terceiro ano do ensino médio. Há discussões para que os demais alunos – são 235 mil estudantes no ensino médio – também possam acessar o conteúdo.

“A vida de todos está sofrendo impacto pela pandemia e iniciativas como essa significam um apoio relevante da própria sociedade para diminuir o impacto da doença. É uma ferramenta generosa que vai oferecer conteúdos e exercícios de alta qualidade, além de simulados, de forma totalmente gratuita, sem custo para os estudantes nem para o Estado”, afirmou o governador.

Incorporado ao ambiente do Google Sala de Aula (Google Classroom), que está permitindo aos alunos e professores da rede seguirem com as aulas de forma remota, a Resolve Sim é composta por 48 aulas completas, sendo que metade delas já estará disponível para acesso imediato. Após, haverá aulas novas sendo postadas diariamente.

De acordo com Leite, um dos responsáveis pela parceria entre o governo e a iniciativa privada é o apresentador Luciano Huck, que tem incentivado diversas iniciativas de estímulo aos jovens e às boas práticas de alcance social.

“No começo da pandemia, fiquei pensando qual poderia ser minha contribuição, além da boa informação que sempre tento trazer nas mais diferentes plataformas, e vi que poderia ser construir pontes, fazer com que a solidariedade fosse mais contagiosa do que o vírus”, afirmou Huck, que participou da transmissão.

Todo o conteúdo é produzido pela Eleva Educação, um dos mais conceituados grupos de ensinos fundamental e médio do país, com metodologia e tecnologia digitais da Estácio, uma das maiores universidades privadas e líder em inovação no EaD do país, sem nenhum custo para o governo do Estado.

“A pandemia veio para iluminar as enormes desigualdades que temos neste país, entre elas, no acesso à educação, não só na qualidade, mas no acesso digital também. Diante desse cenário, tentei cutucar a sociedade e, juntamente com a Estácio e a Eleva Educação, conseguimos criar um projeto-piloto. E aí me veio à cabeça o governador Eduardo Leite, que leva a sério seu ofício, e propus: ‘Quer tentar desenvolver? Temos tudo de graça, só precisamos dos alunos. Deu certo e quase 70 mil alunos que vão prestar Enem vão ter disponível essa ferramenta com dados, qualidade e, de fato, espero que isso ajude a manter o RS na liderança do Enem como foi em 2019”, acrescentou Huck.

O secretário da Educação, Faisal Karam, reforçou que a parceria com a Eleva e com a Estácio é uma garantia de que a educação gaúcha seguirá evoluindo. “Formaremos alunos com maior qualidade, e também proporcionaremos aos professores auxílio e apoio para a condução das aulas e das atividades pedagógicas. Que seja a primeira de muitas outras parcerias”, destacou.

Mais conteúdo

Durante a transmissão, Leite mostrou rapidamente como funcionará a plataforma. O estudante poderá escolher as disciplinas – que foram agrupadas em quatro áreas do conhecimento (Ciências Humanas, Linguagens e Códigos, Matemática e Ciências da Natureza) – além de uma área especial de provas de preparação, o Simuladão.

Além disso, houve um cuidado especial com a metodologia e os objetos de aprendizagem – e-books, temas ilustrados e infográficos, games, vídeos, planos de estudos e tarefas com acompanhamento de professores e tutores estão entre eles.

“É bem robusta a plataforma, com bastante conteúdo, e vai ser um reforço importante de para que nossos jovens do RS possam estar bem preparados para o Enem”, afirmou o governador.

Retomada das aulas

O governo do Estado aguarda até domingo (12/7) as respostas das 1.520 entidades consultadas sobre a retomada presencial das atividades de ensino, com sugestões sobre o retorno das aulas e protocolos de prevenção, por meio de formulário eletrônico direcionado. Conforme o governador, até o momento, foram enviadas 638 respostas.

Secretaria da Educação