Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Pré-Enem já foi assistido 346 mil vezes somente no YouTube

Aulas preparatórias serão transmitidas diariamente na TVE-RS até 31 de outubro

Publicação:

Professor do projeto Pré-Enem explica no quadro fórmulas de física
São cerca de 20 horas/aula semanais, totalizando 464 horas de preparação para todos os componentes curriculares - Foto: Lucas Nogare
Por Isabella Sander

Em pouco mais de um mês de existência, as Aulas Preparatórias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Pré-Enem Seduc RS) foram assistidas 346.438 vezes, até 29 de junho, somente no canal TV Seduc RS, no YouTube. As lições têm transmissão diária na TVE-RS, de segunda a sexta-feira, das 19h às 23h. Iniciadas no dia 18 de maio, as aulas têm previsão de ocorrer até 31 de outubro.

São cerca de 20 horas/aula semanais, totalizando 464 horas de preparação para todos os componentes curriculares. As lições são apresentadas por 13 professores da Rede Estadual de Ensino com a tradução simultânea de quatro intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O curso preparatório conta com quatro períodos diários de 60 minutos e contempla 86 horas/aula para cada área do conhecimento. As aulas incluem eixos ligados às disciplinas de Física, Química, Biologia, Matemática, História, Geografia, Filosofia e Sociologia, Literatura, Língua Portuguesa, Artes, Língua Estrangeira (Inglês e Espanhol) e Redação.

A carga horária dos componentes curriculares foi definida de acordo com a ocorrência das disciplinas nas questões do Enem. O tempo de aulas foi dividido em parte introdutória de cada eixo, explanação sobre o assunto, problematização em relação aos acontecimentos atuais e disponibilização de lista de exercícios.

Conforme a diretora do Departamento Pedagógico, Letícia Grigoletto, o Pré-Enem possibilita o livre acesso ao conhecimento e, hoje, se tornou referência enquanto plataforma de aulas para a socialização de conteúdo significativo de qualidade. “É um instrumento de impacto positivo na realidade educacional que contribuirá muito para que os jovens atinjam melhor desempenho no exame e a comunidade escolar vivencie de forma inclusiva a educação sob um novo aspecto, alinhado às necessidades atuais”, observa.

Secretaria da Educação