Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Portais da Secretaria Estadual da Educação agora contam com tradução em Libras

Iniciativa visa atender a Lei de Acessibilidade e garantir o acesso nas Aulas Remotas

Publicação:

Software VLIBRAS faz a tradução em Libras para pessoas com deficiência
Software VLIBRAS faz a tradução em Libras para pessoas com deficiência - Foto: Seduc
Por Diego da Costa

A partir desta quinta-feira, 25 de junho, o site da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), o Portal da Educação e o hotsite Escola RS contarão com acessibilidade na Língua Brasileira de Sinais. No canto direito da tela, é possível acessar o software livre VLIBRAS. Após abrir a janela, basta passar com o mouse em cima do texto e a tradução dos conteúdos digitais ocorre de forma simultânea. A velocidade da apresentação também pode ser controlada conforme a necessidade de quem estiver acessando. A iniciativa visa atender a Lei de Acessibilidade e garantir o acesso nas Aulas Remotas.

Conforme a coordenadora do Departamento de Tecnologia da Informação da Seduc, Magda Motta, os meios de comunicação, sites e plataformas digitais precisam ser acessíveis a todos.  “Este é um software livre, de uso bastante comum, que irá auxiliar estudantes e professores surdos no acesso ao modelo híbrido de ensino na Rede Estadual”, explica.

 A assessora da Educação Especial da Seduc, Maristela Deos, considera que o uso das novas tecnologias é fundamental para garantir a acessibilidade dos estudantes nos espaços virtuais. “ É uma ação extremamente positiva que vai qualificar o atendimento das pessoas com deficiência, tanto os alunos e professores como integrantes da comunidade escolar”, destaca.

Aulas Remotas

Para que todos estejam preparados para as Aulas Remotas, de forma inclusiva e acessível para todos os públicos, a Secretaria Estadual da Educação do Rio Grande do Sul realizará capacitações para utilização da plataforma Google Sala de Aula com os professores e estudantes da Rede Estadual de Ensino. A iniciativa compõe o modelo híbrido de ensino, que também compreende as aulas presenciais, sem data de retorno.

Secretaria da Educação