Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Governador conversa sobre a Reforma RS com coordenadores regionais de Educação

Publicação:

Governador conversa sobre a Reforma com Coordenadores de Educação
Governador conversa sobre a Reforma com Coordenadores de Educação - Foto: Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

No início da semana de capacitação da Secretaria da Educação (Seduc), o governador Eduardo Leite reuniu, na tarde desta segunda-feira (9/12), no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), os 30 coordenadores regionais de educação, a maior parte professores de carreira, e os três agentes de gestão ligados à pasta. Na pauta, esclarecimentos sobre a Reforma RS, que, entre outras carreiras, moderniza o estatuto e a previdência do Magistério.

“Nós fizemos uma seleção para escolher os coordenadores que valorizou o mérito. Então, eles estão nas posições em que se encontram pelas suas próprias habilidades e competências e estão colaborando com o Estado numa atividade que é extremamente importante, que é coordenar dezenas de escolas. Por isso, era importante nós esclarecermos pontos da Reforma que envolvem o magistério e deixar claro que os projetos são a favor da educação e do futuro do RS. Podemos ver que essa compreensão existe por parte deles e foi de grande valor poder reunir todos e ouvi-los enquanto governador", avaliou Leite após o encontro, do qual participaram também os secretários da Educação, Faisal Karam, de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, e de Governança e Gestão Estratégica, Claudio Gastal.

O governador ouviu cada um dos coordenadores, procurando saber da repercussão em suas regiões e das suas opiniões sobre as medidas, além de ter tirado dúvidas sobre pontos específicos da Reforma. Por exemplo, reforçou que não haverá perde salarial a nenhum servidor; que a nova tabela de níveis do magistério vai permitir um novo ponto de partida e, com isso, fazer melhorias nas carreiras dos professores; e que o piso salarial da categoria poderá ser colocado em vigor sem ser por meio de completivos somente se as mudanças forem implementadas.

Reunião CREs 3

Secretários de Estado acompanharam o governador na reunião - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

“Existem medidas amargas, sim, mas essenciais para garantir o futuro dos servidores. Também estamos estudando de que forma podemos melhorar as propostas sem perder o seu foco, que é trazer equilíbrio fiscal ao RS. Com isso, não quero apenas pagar melhor os professores, o que só será possível se mudanças forem feitas para reduzir o crescimento vegetativo da folha, quero também que ele tenha uma boa estrutura de ensino para poder trabalhar melhor e aprimorar a educação, gerando um ciclo virtuoso nessa área, assim como na segurança e em todos os serviços onde o Estado é essencial”, afirmou Leite.

À frente da 10ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), com sede em Uruguaiana, Sara Elizeth Duzac Cardoso agradeceu pelo espaço de diálogo. “Faz parte do processo de gestão democrática que nós pregamos nas nossas coordenadorias e fortalece o que nós trabalhamos com nossos professores e diretores, que é o espaço da fala. Sabemos da importância e queremos participar desse processo”, afirmou.

Coordenadora da 4ª CRE, de Caxias do Sul, Viviane Devalle agradeceu ao governador pelo espaço de diálogo. “Parabenizo o senhor pela coragem deste momento, um trabalho que deveria ter sido feito há anos, um dever de casa que não foi feito, mas que é totalmente necessário para esse momento. Fizemos isso há alguns anos em Santa Catarina, meu Estado de origem, e deu certo”, afirmou a coordenadora.

Secretaria da Educação