Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Semana Farroupilha tem festas, tertúlia, jogo e encontros virtuais nas escolas

Instituições da Rede procuram transpor atividades celebrativas para o ambiente digital

Publicação:

Print screen tirado do vídeo feito pelos alunos da Escola Pedro Migliorini, onde aparece uma aluna, vestida de prenda, em frente a um galpão feito de pedra.
Alunos da Escola Pedro Migliorini fizeram vídeo pilchados, contando a história da Revolução Farroupilha - Foto: Seduc
Por Isabella Sander

A programação da Semana Farroupilha segue intensa nas escolas da Rede Estadual de Ensino. Enquanto algumas instituições organizaram festas e rodas de conversa virtuais, outras planejaram jogos temáticos e até tertúlias para celebrar a data.

A 4ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), de Caxias do Sul, criou o evento “Gaúchos sem fronteira – Transpondo as fronteiras da pandemia”, iniciado na segunda-feira, 14 de setembro, com uma live de abertura que contou com a apresentação do músico Mateus Lemos. Estão previstas três edições do projeto Chimarreando, entre os dias 15 e 17 de setembro, destinadas aos funcionários da coordenadoria, com a participação do conselheiro do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) Manoelito Carlos Savaris e da pedagoga e tradicionalista Odila Paese Savaris.

A tradição do povo gaúcho é muito forte e encantadora. Não podíamos deixar que a pandemia enfraquecesse este movimento”, destacou a catarinense Viviani Devalle, coordenadora da 4ª CRE e apaixonada pelo Rio Grande do Sul.

A Escola Marechal Deodoro, de Torres, abrangida pela 11ª CRE, fará uma webconferência sobre a Semana Farroupilha para os alunos do 1º ano do Ensino Fundamental. A atividade foi proposta pela professora Josiani da S. Rodrigues e ocorrerá nesta quinta-feira, 17 de setembro, às 19h30min. A educadora pediu, ainda, que os estudantes comparecessem ao encontro pilchados.

Na 14ª CRE, de Santo Ângelo, a professora Laís Francine Weyh, da Escola Técnica Presidente Getúlio Vargas, elaborou um jogo online para trabalhar com seus alunos a história da Revolução Farroupilha. A atividade foi criada pela educadora tendo como base as formações do Letramento Digital, promovida pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc). O jogo pode ser acessado neste link.

Já a Escola Pedro Migliorini, do município de Monte Belo, atendido pela 16ª CRE, resolveu, mesmo que de forma remota, planejar a “V Tertúlia Pedro Migliorini – Resgatando nossas raízes”. Os alunos da turma do 9º ano do Ensino Fundamental trajaram roupas típicas e contaram, em vídeo, a história da Revolução Farroupilha. O trabalho foi sugerido pela professora Simone B. Cantoni, de Geografia. Atividade semelhante foi desenvolvida por estudantes do Instituto Estadual de Educação Professora Irmã Teofânia, de Garibaldi, que editaram um vídeo no qual são apresentadas informações sobre a história e as tradições do Rio Grande do Sul, além de fotos e depoimentos dos alunos sobre a importância da data e da cultura gaúcha.

A 24ª CRE, de Cachoeira do Sul, oferecerá uma webconferência com a ex-prenda do Rio Grande do Sul e patrona homenageada dos Festejos Farroupilhas de 2020, Alessandra Motta. Natural de Cachoeira do Sul, a tradicionalista participará do encontro virtual no dia 24 de setembro, às 19h30min, pelo Google Meet.

Secretaria da Educação