Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Semana da Pátria mobiliza estudantes das escolas estaduais

Comemoração do Dia da Independência incentiva patriotismo e formação da cidadania

Publicação:

Alunos da Escola Marcelino Champagnat, de Boa Vista do Sul, destacaram a importância  da cultura da paz no Brasil
Alunos da Escola Marcelino Champagnat, de Boa Vista do Sul, destacaram a importância da cultura de paz no Brasil - Foto: 16ª CRE
Por Diego da Costa

Com objetivo de incentivar o patriotismo e a formação da cidadania, as escolas da rede pública estadual promovem, durante a Semana da Pátria, práticas pedagógicas interdisciplinares em alusão ao dia da Independência, que será comemorado neste sábado, 7 de setembro. Estão sendo trabalhados, entre outros elementos, áreas educacionais que envolvem música, linguagem, esporte, dança, história, meio ambiente e cultura popular.

A secretária adjunta de Educação, Ivana Flores, ressalta a importância de desenvolver, com os alunos, atividades lúdicas de valorização das instituições democráticas. “Esta é uma excelente oportunidade para que os estudantes façam uma reflexão sobre este dia histórico e mostrem seus ensinamentos às comunidades das suas cidades”, explica.

Na Capital

A diretora da Escola Aurélio Reis, Nássara Brum Pires, conta que foram elaborados exercícios com as cores da bandeira nacional e brincadeiras com as palavras do hino. De acordo com ela, o objetivo da ação é trabalhar o patriotismo. “Nós temos que valorizar o nosso País. É o local onde ocorrem as mudanças que tanto queremos e é também o nosso lar. Esta aproximação é fundamental para que os estudantes entendam que o futuro depende deles”, destaca.

Conforme a diretora da Escola Matias de Albuquerque, Cláudia Campos, o trabalho desenvolvido teve como foco a preservação do meio ambiente – as recentes queimadas na Floresta Amazônica motivaram a pauta. A partir de uma bandeira pintada, foram colocadas, nas partes verdes, pequenas mudas de plantas – simbolizando a importância da preservação das florestas. “É essencial que as nossas crianças e jovens compreendam o exercício da cidadania e o respeito, tornando-se adultos responsáveis”, afirma.

Estudantes da Escola Matias de Albuquerque aprendendo sobre o significado das cores da bandeira brasileira
Estudantes da Escola Matias de Albuquerque aprendendo sobre o significado das cores da bandeira brasileira - Foto: Seduc

Pelo Rio Grande

Na 28ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), em Gravataí, a Escola Carlos Bina foi responsável por hastear as bandeiras na abertura da Semana da Pátria e apresentar o seu tradicional coral em frente à praça da Prefeitura. Já em Caxias do Sul, na 4ª CRE, o destaque ficou por conta da banda marcial do Colégio Henrique Emílio Meyer. O evento de abertura da semana, que ocorreu na Praça Dante Alighieri, contou com ampla participação da comunidade.

Escola Professor José Pansera, de Bento Gonçalves, debateu a importância da cultura afro na formação do Brasil
Escola Professor José Pansera, de Bento Gonçalves, debateu a importância da cultura afro na formação do Brasil - Foto: Seduc

Na região da 20ª CRE, no município de Palmitinho, as alunas de Curso Normal, do Instituto Estadual de Educação 22 de maio, aproveitaram a oportunidade para falar sobre o mês de prevenção ao suicídio – Setembro Amarelo- e prepararam um material para abordar o tema com as crianças.

Alunas do Curso Normal desenvolveram materiais para trabalhar o combate ao suicídio em sala de aula
Alunas do Curso Normal desenvolveram materiais para trabalhar o combate ao suicídio em sala de aula - Foto: Seduc

Na região de Bento Gonçalves, na 16ª CRE, três escolas já desfilaram na Semana da Pátria. São elas: Nossa Senhora do Bom Conselho, Marcelino Champagnat e Professor José Pansera. Os alunos carregaram frases de amor e esperança com o intuito de destacar a importância de cultivar bons sentimentos nas relações pessoais e familiares. Além disso, falaram sobre reciclagem, meio ambiente e cultura afro-brasileira e indígena. No sábado, 7 de setembro, a previsão é de que 74 instituições de ensino participem do desfile cívico.

Em São Borja, na 35ª CRE, as escolas Getúlio Vargas e Olavo Bilac já desfilaram com suas bandas marciais. Outras instituições de ensino também vão mostrar seus trabalhos na Praça XV de novembro, no centro do município.

Em Santo Ângelo, na 14ª CRE, o Instituto Estadual de Educação Odão Felippe Pippi e a Escola Estadual Presidente Getúlio Vargas realizaram, durante toda a semana, hora cívica, hasteamento das bandeiras e apresentações artísticas.

Instituto de Educação Odão Felippe Pippi, de Santo Ângelo, apresentou sua banda marcial na Semana da Pátria
Instituto de Educação Odão Felippe Pippi, de Santo Ângelo, apresentou sua banda marcial na Semana da Pátria - Foto: Seduc

 Confira mais fotos

 

 

Secretaria da Educação