Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

“Estudos de Recuperação” de aprendizagens da Rede Estadual ocorre de 8 a 17 de fevereiro

Ação oferece oportunidade extra para estudantes em recuperação

Publicação:

rucuperação
Crédito: - Foto: Seduc
Por Diego da Costa

A Rede Estadual de Ensino começa, a partir desta quinta-feira, 19 de janeiro, a mobilização para a realização dos “Estudos de Recuperação”, que ocorrem de 8 a 17 de fevereiro nas escolas estaduais. A iniciativa é uma oportunidade adicional para que o estudante recupere as aprendizagens que necessita para o próximo ano letivo, possibilitando a sua aprovação, caso alcance os índices necessários.

A ação será realizada com os alunos que apresentaram resultado inferior à média anual ou com frequência menor que 75% no ano de 2022. Durante o mês de dezembro, os estudantes que não foram aprovados receberam seu Plano de Estudos de Recuperação personalizado, com a indicação das aprendizagens que precisam ser recuperadas para a continuidade da vida escolar e avanço de ano/série.

A secretária estadual da Educação, Raquel Teixeira, avalia que os Estudos de Recuperação representam uma nova oportunidade para consolidar as aprendizagens, considerando a singularidade de cada estudante e a diversidade das causas determinantes das situações de recuperação.

“As oportunidades na escola são as mais importantes da vida dos estudantes. É preciso um olhar diferenciado para cada um deles. O contexto da pandemia já criou uma redução das competências cognitivas e socioemocionais e se torna necessário avaliar os impactos sociais e socioeconômicos destes alunos no seu desenvolvimento pessoal e em seu futuro profissional”, destaca.

Conforme o cronograma de mobilização e planejamento para a realização dos Estudos de Recuperação, nos dias 19 e 20 de janeiro os representantes das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) estarão em Porto Alegre para definir estratégias de forma conjunta com a Secretaria Estadual da Educação (Seduc).

Depois, de 27 a 31 de janeiro, acontecerão encontros com as equipes diretivas das escolas com as respectivas Coordenadorias de Educação das suas regiões para orientações. Já nos dias 6 e 7 de fevereiro, datas que inicialmente haviam sido definidas para iniciar a ação, ocorre a preparação das instituições de ensino para o início das atividades no dia 8 de fevereiro.

Orientações

No Plano de Estudos de Recuperação também foram indicados aos estudantes os materiais para estudo como livros didáticos, plataformas de leitura, conteúdos da plataforma Google Sala de Aula, entre outros.

O supervisor e/ou a equipe diretiva ficará responsável pela organização das atividades presenciais, bem como garantir a execução do cronograma de estudos organizado pela escola.

Uma cópia do Plano de Estudos de Recuperação foi disponibilizada à família do aluno, juntamente com o seu boletim de desempenho. A família também foi informada da necessidade do comparecimento do estudante nas atividades presenciais indicadas no cronograma, sendo esta a única forma de acesso à oportunidade adicional.

Sobre os Estudos de Recuperação

Os estudantes que ficarem em recuperação não desenvolveram plenamente as habilidades e competências estabelecidas no Planejamento Anual ano de 2022 e, por isso, terão direito a um período para “Estudos de Recuperação” e oportunidade de avaliação das aprendizagens.

Para isso, foi apontado no Conselho de Classe do 4º bimestre de 2022 quais as habilidades, competências e conteúdo de cada componente curricular que deverão ser retomadas no período de “Estudos de Recuperação”. O estudante recebeu, ao final do ano letivo, com seu boletim de desempenho, o Plano de Estudos de Recuperação, com o que precisa desenvolver para a continuidade dos seus estudos.

Secretaria da Educação